sexta-feira, 22 de maio de 2015

Programa de Infra-estrutura Hídrica (Sistema de Abastecimento d'água Simplificado).

Governo Municipal de Taquaritinga do Norte, em parceria com o Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA) está implantando Sistemas de Abastecimento D'água Simplificado nas comunidades rurais do nosso município.


O Sistema consiste na perfuração de poço artesiano, de onde a água é bombeada para uma caixa elevada e distribuída por gravidade para os diversos pontos de consumo.


Foram contemplados com esse programa de infraestrutura hídrica os assentamentos Nova Esperança, Monteiro, e a comunidade de Jaburú de Baixo, beneficiando assim aproximadamente 30 famílias, em cada localidade.


GOVERNO COM TRANSPARÊNCIA

Para conhecimento da população, informamos os valores creditados em nossa conta corrente agência do Banco do Brasil S/A de Taquaritinga do Norte –PE. Crédito esse referente a  segunda cota do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) do mês de Maio de 2015.



FPM – 22/05/2015

Valor Líquido...................................................R$72.554,74
Dedução FUNDEB ............................................. R$ 22.673,34
Dedução SAÚDE  ...............................................  R$ 17.005,01
Retenção PASEP ...............................................   R$  1.133,66
           

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Atenção população nortetaquaritinguense!

Não se vacinou? Corre que ainda dá tempo. A campanha da‪#‎VacinaGripe‬ termina amanhã. Procure uma unidade de saúde! #SECSAU #compartilha 


Prefeitura Municipal em parceria com a COMPESA desenvolvem ações de abastecimento alternativo.

Prefeitura Municipal em parceria com a COMPESA, desenvolvem ações de abastecimento alternativo em locais mais altos e de difícil acesso a exemplo do Chafariz que está sendo instalado na Rua do Jucá em frente a casa de D. Josefa, com uma caixa d'água de 10.000 litros. que atenderá uma população aproximada de 800 habitantes.

                                                   Local onde vai ser instalado o chafariz


                                                      Depoimento de um morador


Dia da Luta Antimanicomial é vivenciado em Taquaritinga do Norte



No dia 18 de maio é comemorado o Dia da Luta Antimanicomial. Para comemorar a data a Secretaria de Saúde e Meio Ambiente de Taquaritinga do Norte através do CAPS (Centro de Atenção Psicossocial) Espaço Nova Vida de Pão de Açúcar junto com o NASF (Núcleo de Apoio à Saúde da Família) realizaram na manhã de hoje (21) atividades físicas e orientações nutricionais com pacientes e familiares ligados ao Centro.

O combate ao tratamento manicomial teve início em 1987 com trabalhadores da saúde mental, em busca de uma reforma nos tratamentos destinados às pessoas com transtornos mentais no país.

Instituída a partir desse processo, a atual Política Nacional de Saúde Mental visa principalmente à inserção e reinserção do paciente com algum sofrimento mental, levando em consideração sua autonomia e liberdade. A política garante também que o tratamento desses pacientes seja realizado em meio aberto, próximo de sua família e comunidade.


Grande final da Copa Taquara de Futebol 2015



Próximo domingo(24), será realizada a final da Copa Taquara de Futebol 2015, o diretor de Esportes, Renan Casé, convida a todos para participar deste grande momento esportivo:


Secretaria de Obras divulga Plano de Trabalho para Recuperação e Manutenção de Estradas Vicinais.

O desenvolvimento sócio-econômico da zona rural, depende de infraestrutura adequada ao desempenho da atividade produtiva.  As estradas vicinais de terra (estradas não pavimentadas), são fundamentais na interligação entre propriedades rurais e povoados vizinhos, e dão acesso as vias principais.

Visto isso a Prefeitura Municipal tem dado atenção especial na manutenção e  conservação do bom estado das estradas contribuindo para a fixação das famílias no campo e com a melhoria na qualidade de vida dos habitantes. 
                     Secretário de Obras Supervisiona recuperação de estradas no Monteiro



É a Secretaria de Obras melhorando os caminhos do progresso  e o Governo municipal avançando com o povo

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Considerações a respeito das tentativas de adequar o Açude Santo Amaro para uma área de lazer.




 A Prefeitura Municipal de Taquaritinga do Norte,  através da Lei Nº 1.293 de 15 de fevereiro de 1996, doou um terreno às margens do Açude Santos Amaro, ao Sr. Genaro José de Melo, para construção de um Restaurante/Pousada/Play Ground/Estacionamento, medindo 750 M² (Setecentos e cinquenta metros quadrados).

Justificando no Art. 2º - o referido empreendimento se adequa perfeitamente ao perfil turístico de nossa cidade, uma vez que irá se tornar mais um local agradável para a população Taquaritinguense e turistas que nos visitam anualmente, além de gerar emprego e renda, proporcionando uma expansão significativa nos serviços de hotelaria em nossa região.

Ainda dizia no Art. 3º - O donatário ficará obrigado, após a realização da construção a contribuir com a aquisição de pedalinhos para circular no Açude Santos Amaro e de equipamentos para PlayGround a ser instalado nas imediações do Restaurante/Pousada.

No  Art. 4º - Na hipótese da construção do Restaurante/Pousada não ser concluído no prazo de 02(dois)  anos a contar da efetivação da doação, o terreno será revertido ao Patrimônio Público Municipal.

A seguir imagens da Lei Nº 1.293, de 15 de fevereiro de 1996.






Resultado: O Prédio foi construído, o Restaurante/Pousada  funcionou por pouco tempo, os pedalinhos não foram adquiridos.




O prédio continua imponente as marges do açude, como se observa na imagem acima, não  serve aos fins a que se destinou, não pertence mais ao donatário, tampouco o terreno, ao Patrimônio Público. 


Esta foi a tentativa frustrada que suprimiu do patrimônio público 750 M2  de um terreno em área nobre, feito pelo grupo político do vereador que atualmente ataca  o Projeto de Lei de iniciativa do Gestor municipal que visa tão somente utilizar o Açude Santo Amaro como área de lazer, como eles mesmos tentaram no passado, só que desta vez com um projeto moderno, buscando parcerias, sem doações, apenas concessão de uso, sem nenhuma despesa, pelo contrário com remuneração, e com os investimentos da concessionária incorporados ao Patrimônio Público. 



Para conhecimento do público divulgamos abaixo a mensagem do Prefeito encaminhado do Projeto de Lei 



MENSAGEM AO PL No. 01 /2015.
À Câmara Municipal de Vereadores.
Senhor Presidente e demais pares.


Submetemos a essa honrosa Casa de Leis, o PL Nº. 01 / 2015, que   DISPÕE SOBRE A CONCESSÃO DE USO  DO   AÇUDE  SANTO AMARO  PARA EXPLORAÇÃO  COMO ÁREA DE LAZER  E ENTRETENIMENTO E DÁ OUTRAS PROVIDÊNCIAS,  afim de receber sua análise e possível aprovação, pelo que pedimos considerar o que expomos

                                                                                                                                                                  
Proposta da Secretaria de Turismo , Esporte e Desenvolvimento Econômico que opina pela exploração do Açude Santo Amaro como área de lazer e entretenimento; 

Que a exploração se constitui em uma forma de atração turística para nosso Município e mais um ponto de lazer e entretenimento para a sociedade;

Que a área explorada  irá movimentar a cidade gerando emprego e renda nas mais diversas áreas como comércio, principalmente restaurantes, rede hoteleira e outros serviços;

Que a exploração da área irá trazer benefícios para o bem público, mantendo  a preservação do meio ambiente como limpeza, vigilância permanente, etc

A cidade de Taquaritinga do Norte é conhecida por suas belezas naturais e seu potencial turístico que, porém, precisa ser devidamente explorado a fim de aumentar o fluxo de turistas que aqui buscam a tranquilidade e o clima ameno ideal para usufruir como descanso e lazer.

 O Açude Santo Amaro, após mais de 50 (cinquenta) anos, foi objeto de uma limpeza ampla em sua área, a qual foi aprofundada e teve aumentada a sua capacidade de armazenamento d’água, tornando-o apto à prática de atividades que possam colaborar para que um maior número de visitantes venha à nossa cidade, contribuindo, assim, com uma maior geração de renda em todos os estabelecimentos que fazem parte do trade turístico, como hotéis, pousadas, restaurantes, bares e o comércio em geral.
  
 É sabido que o turista quando se dirige a uma cidade, busca um maior número de locais em que possa sentir que valeu a pena deslocar-se àquele destino, como também é por todos conhecido que é a satisfação desse turista que o fará recomendar nossa cidade e contribuirá na sua divulgação;
  
Em assim sendo, o Açude Santo Amaro hoje possui todas as condições necessárias para que nele sejam instalados pedalinhos, tirolesa e ou outros equipamentos de entretenimento e lazer, através de um serviço privado de exploração destes equipamentos, mediante cobrança de tarifas e ou ingressos, a todos interessados em passar momentos de relaxamento em harmonia com a natureza, a exemplo do que já ocorre em diversos municípios em todo o mundo.

 Para isto, se faz necessária a concessão da referida área à iniciativa privada, que ficará responsável pela exploração e manutenção desses equipamentos, adequando toda a área disponível para essa prática, bem como, se assim desejar, instalar outros equipamentos que possam ser usados em segurança, após a aprovação do poder público municipal.

 Que a Concessão além de promover o nosso trade turístico, será uma forma de arrecadação de receitas aos cofres públicos;

 Que todo processo de concessão obedecerá os trâmites legais da Legislação estritamente em observância do que dispõe a Lei Orgânica do Município.

Em sendo assim, pedimos a aprovação pelo que ficamos no aguardo.

É a justificativa.

JOSÉ EVILÁSIO DE ARAÚJO

Prefeito.


 Apresentamos abaixo o texto do Projeto de Lei para conhecimento público:


PROJETO DE LEI Nº 01 /2015.

EMENTA:   DISPÕE SOBRE A CONCESSÃO DE USO  DO
                                                                          AÇUDE  SANTO AMARO  PARA EXPLORAÇÃO  COMO
                                                                          ÁREA DE LAZER  E  ENTRETENIMENTO E DÁ OUTRAS

                                                                          PROVIDÊNCIAS.

                                                                                       
O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE TAQUARITINGA DO NORTE, estado de Pernambuco, no uso de suas atribuições legais, observando o que dispõe a Lei Orgânica do Município em seus Artigos 109;  110; 112, 113 e 122, faz saber que a Câmara Municipal de Vereadores aprovou e Ele sanciona a seguinte Lei:

 Art. 1º -  Fica o Prefeito do Município de Taquaritinga do Norte, autorizado a proceder mediante a concessão de uso, na forma legal, a área do Açude Santo Amaro localizado na sede do Município, para ser explorada por terceiros especificamente para lazer e entretenimento observado o que dispõe este diploma legal;


Parágrafo Primeiro -  Á área de que trata este artigo compreende o espaço da reserva do manancial e represa  das águas bem como o espaço lateral que faz divisa com a PE, que compreende cerca de 500.00m2.


Parágrafo SegundoA concessionária poderá explorar a área como entretenimento e lazer com instalações de equipamentos como pedalinhos, tirolesa, jetski, e ou/outros possíveis no empreendimento bem como instalação de lanchonete e ou/restaurante e similares.


Art. 2º  -   A concessão da área será mediante o que dispõe a Lei Orgânica do Município, conforme prevê os artigos retro-mencionados; utilizando-se a concorrência pública para tal finalidade;


Art. 3º  -   A concessão será remunerada ao Município, observado o Art. 113  da Lei Orgânica do Município, na base de 10% (dez por cento) sobre o faturamento dos serviços oferecido a população como lazer e entretenimento;  


 Parágrafo Primeiro :  Para aferição do recolhimento a ser feito aos cofres do Município, ficará o concessionário obrigado a solicitar da Prefeitura a autorização para confecção dos bilhetes/ingressos a serem utilizados no empreendimento, os quais deverão ser numerados e devidamente controlados pelas partes  Prefeitura e Concessionária;

 Parágrafo Segundo :  O recolhimento dos valores de que trata este artigo deverão ser feito junto a Secretária de Finanças do Município até o dia 10 (dez) do mês subseqüente a prestação dos serviços;  sendo cobrado os encargos legais para recolhimento em atraso além de penalização dentro do que couber na Legislação;


 Parágrafo Terceiro :  O recolhimento de que trata o parágrafo anterior  não elimina a obrigação dos recolhimento legais que deverão ser feito como pagamento de licença de funcionamento,  edificações e ou outras exigidas legalmente pelo Poder Municipal;


Parágrafo Quarto :  A Secretaria de Finanças em conjunto com a Secretaria de Turismo, Esporte e Desenvolvimento Econômico  se encarregará de elaborar  e acompanhar o Contrato de Concessão de Uso, fazendo nele constar cláusulas como tempo de concessão, valor a ser cobrado, atualização de valores,  responsabilidades e tudo mais julgado necessário.

Art. 4º  -   A responsabilidade pela operacionalização dos equipamentos utilizados como lazer e entretenimento , bem como todos os requisitos de segurança às pessoas que freqüentarem a área , assim como os encargos e despesas com funcionários será exclusivamente da  Concessionária dos serviços;

Parágrafo Primeiro  -  Para exploração das atividades a concessionária deverá obter todo licenciamento exigido por parte dos órgãos públicos competentes;

Parágrafo Segundo  -  Deverá ser celebrado contrato especifico cujo teor constará dos termos de sua utilização, observado instrumento de concorrência pública para o tal finalidade;

Parágrafo Terceiro - A concessionária é responsável pela manutenção do Açude Santo Amaro, preservando seu manancial e sua orla, com a limpeza diária de toda a área, iluminação, vigilância dentre outras providências necessárias a prestação de serviço concedido;

Parágrafo Quarto -  A  Concessão Onerosa de Uso  será feita a terceiros sem no entanto haver prejuízo ao Município quanto a retirada de águas do açude para conservação de praças e jardins do município, desde que não venha a afetar a operacionalização dos equipamentos utilizáveis com os recursos hídricos.

 Art. 5º - Fica proibido  ceder ou transferir a terceiros, a qualquer título, a Concessão Onerosa de Uso, nem emprestar ou sublocar os equipamentos, no todo ou em parte, ou sob qualquer forma  permitir a terceiros o uso desta, ainda que tenha a mesma finalidade.

Parágrafo Único -  O prazo de início da concessão onerosa de uso será de no máximo 30              ( Trinta ) dias, contados da data da assinatura do contrato, sob pena de perda da concessão, salvo justificativa apresentada e aceita pelo Poder Público Municipal o qual adotará medidas legais inclusive como prorrogação do prazo;

Art. 6º -  O prazo de vigência da concessão é de  10 (dez) anos, contados a partir da data de assinatura do contrato, podendo  o Município proceder a renovação de Concessão de Uso observado a Legislação.

Parágrafo Primeiro – Durante o período de vigência do contrato fica a Prefeitura com direito a livre acesso a área a qualquer tempo, podendo exercer seus direitos legais de fiscalização quanto ao cumprimento dos termos ajustados e naquilo que estiver dentro de sua competência, observado o que dispõe o Art. 123 da Lei Orgânica Municipal.

Parágrafo Segundo - A realização de qualquer intervenção e/ou benfeitoria no imóvel dependerá sempre de prévia autorização, por escrito, da CONCEDENTE (Prefeitura) e se incorporará ao imóvel, patrimônio do município, sem que caiba qualquer indenização à CONCESSIONÁRIA  ao final do prazo convencionado em contrato; 

Parágrafo Terceiro -  Os bens como os aparelhos, equipamentos e materiais móveis  instalados ou fixados e destinados ao uso da CONCESSIONÁRIA  permanecerão de sua propriedade a qual  indicará, precisamente, todos os bens móveis de seu uso, em relação,  a ser apresentada à CONCEDENTE;

 Art.7º -  Fica a cargo da SECRETARIA DE TURISMO ESPORTE E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO – SETURDE,  o acompanhamento e fiscalização dos serviços oferecidos pela Concessionária, observando os termos ajustados em contrato e disposto neste diploma, devendo adotar as providências cabíveis visando adequações e ajustes necessários.

 Art. 8º -  Decreto da lavra municipal regulamentará a presente Lei.

Art. 9º -  Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação;

Art. 10 -  Revogam-se as disposições em contrário.
  
JOSÉ EVILÁSIO DE ARAÚJO

Prefeito




Publicamos esta matéria observando os princípios constitucionais da administração pública, (Legalidade, Impessoalidade, Publicidade, Eficiência). Para que todos tomem conhecimento da verdade dos fatos e entendam as verdadeiras intenções de cada um.



“Blitz Ecológica” o novo projeto em execução da Secretaria de Saúde e Meio Ambiente de Taquaritinga do Norte




Distribuição de mudas de árvores, panfletagem, ações de combate à dengue, vacinação, mutirões de limpeza, recolhimento de pneus, colocação de mais coletores para recolhimento de pilhas e baterias, instalação de coletores nas farmácias e comércios para depósito de medicamento vencido e palestras em todas as escolas do município, são algumas das atividades realizadas pela Secretaria de Saúde e Meio através do projeto “Blitz Ecológica”.
O mesmo será trabalhado em todo o município e objetiva intensificar as atividades relacionadas à saúde e meio ambiente, auxiliando e aprofundando ações que visem melhorias para a população.
Dentro das atividades da “Blitz” os alunos das escolas envolvidas também poderão participar do concurso “desafios nos bairros”, onde os mesmos devem relatar e fotografar um problema ambiental ou de saúde pública no seu bairro ou sua rua apontando a solução. Aquelas práticas mais criativas, com praticidade e economicidade serão premiadas além de solucionadas pelo Governo Municipal.
O lançamento da Blitz aconteceu na manhã de hoje (20) nas Escolas: Francisca Moura (CAIC), José Bezerra de Andrade, Instituto Educacional Geyza Mirian e Escola Monteiro Lobato.
“Nosso objetivo é disseminar conhecimento, envolvendo alunos e comunidade na preservação do meio ambiente e nos serviços de saúde ofertados em nossa cidade”, destacou o Secretario de Saúde e Meio Ambiente, Ronaldo Veiga.

Confiram as próximas instituições a receberem a “Blitz Ecológica” e participe! Juntos somos muito mais fortes.

Dia 22/05 - Escola Severino Cordeiro de Arruda/ Ginásio Experimental
Dia 27/05 - CETEC – Pão de Açúcar/ Escola Gilzenete Guerra – Pão de Açúcar
Pedro de Lira Borges – Vila Socorro           
Dia 02/06 - Escola Padre Ibiapina/ Chefe Leandro - Jerimum        
Dia 03/06 – Escola Sebastião Ferreira Lima – Algodão/ Padre José de Anchieta - Mateus Vieira


Dica de saúde!

Fique atento! Os sintomas são muito parecidos com outras doenças. Em caso de suspeita de dengue ou chikungunya, procure uma unidade de saúde. ‪#‎CombateAedes ‪#‎combatadengue  #SECSAU #COMPARTILHA


Parabéns técnicos e auxiliares de enfermagem pelo seu dia!

Hoje é dia de parabenizar todos os técnicos e auxiliares de enfermagem pela dedicação e cuidado com a nossa saúde. Nosso muito obrigado a todos.  



terça-feira, 19 de maio de 2015

Final da Copa Taquara de Futebol de Campo 2015

A Copa Taquara de Futebol de Campo 2015, teve inicio dia 28 de Março e será finalizada no próximo domingo(24), com a realização de dois jogos.

O primeiro jogo acontecerá às 08hrs entre às equipes Sertãozinho de Pão de Açúcar  e Esperança, que disputarão o 3° lugar.





Às 10 horas  as equipes Placas e Guaraní de Gravatá do Ipiabina entrarão em campo para disputar o 1º lugar, realizando assim a última partida da Copa taquara de Futebol de Campo 2015, que durante alguns finais de semana movimentaram a cidade, contando sempre com a participação efetiva do público, que associado a dedicação dos organizadores e a determinação dos atletas,  garantiram a grandiosidade de mais um importante evento esportivo. 

Abastecimento Alternativo - COMPESA/Prefeitura, instalarão chafarizes em alguns bairros da cidade.

A Prefeitura Municipal de Taquaritinga do Norte, em parceria com a COMPESA(Companhia Pernambucana de Saneamento),  instalarão 13(treze) Caixas D'água de 10.000 litros, Com o objetivo de oferecer um abastecimento d'água alternativo nos  seguintes bairros: Zamba 01 chafariz com 2 caixas, Silva de Cima 01 chafariz com 1 caixa, Silva de Baixo 1 chafariz com 2 caias e um outro com uma caixa, Capibaribe  01 chafariz com 2 caixas, Marília um chafariz com 2 caixas. Serão instalados 09 chafarizes, atendendo uma população de 12.600 pessoas.

          Administrar buscando parcerias em prol do bem comum, faz toda uma diferença 

Prefeitura Municipal de Taquaritinga do Norte, Realiza "Audiência Pública" sobre Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos.


Realizou-se nesta segunda-feira (18) no Salão Paroquial, uma Audiência Pública visando implementar as ações de Educação Ambiental e da Coleta Seletiva, conforme preconiza o Plano de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos (PGIRS). Participaram o Prefeito Evilásio, Técnicos do CONIAPE, Secretários Municipais, Diretores, Funcionários, Estudantes, Comerciantes, e o Povo em geral.




Foram discutidas diretrizes e estratégias paras aplicação do Plano Nacional em nosso município.


O Departamento de Cultura, brindou os participantes com uma belíssima apresentação do grupo folclórico, Taboca Branca.



A busca pelo  princípio básico de Cidadania, quando a noção do direito transcende menores interesses individuais para traduzir uma nova visão de mundo,0 que reflete a responsabilidade de cada pessoa na construção de valores coletivos plenos.



O Direito de um maio ambiente saudável, igualmente os deveres éticos, morais e políticos de preserva-los para as presentes e futuras gerações.
A consolidação desse principio como ato de cidadania condição essencial para construirmos uma sociedade sustentável em nosso município.





A implementação do PGIRS, determinada pela Política Pública Nacional de Resíduos Sólidos, exige de cada segmento, governo, empresas e cidadãos, uma mudança de rumo e de cultura, que consiste em: recuperar ao máximo os diversos tipos de resíduos, sejam eles responsabilidade pública ou privada, e dispor o mínimo em aterros sanitários. Reafirmando a diretriz básica, segundo hierarquia definida na Lei Nacional quanto às ações para não geração , redução, reaproveitamento, reciclagem, tratamento dos resíduos e, a disposição final dos rejeitos.

O Governo Municipal agradece a todos que, exercendo o seu direito de cidadania, tiveram a grandeza de contribuir, participando conosco do esboço dese projeto inovador e de grande alcance social. 













segunda-feira, 18 de maio de 2015

A real Situação do Matadouro Publico Municipal de Taquaritinga do Norte.



Na última sexta feira 15  uma comissão formada pelos  vereadores Luquinha da Saúde e Eraldo de Pedra Preta (ambos do PSB), Jânio Arruda (PSD) e Demar (PSDB),foram ao matadouro público segundo eles com intuito de fiscalizar as ações do executivo municipal.A citada visita não foi oficializada ou pelo menos comunicada a Secretaria de Agricultura e Pecuária de Taquaritinga do Norte órgão responsável pela gestão do matadouro, fato este que implicou na proibição da entrada dos mesmos na sala de abate ou na área interna do referido matadouro.Os funcionários na pessoa de José Américo Diretor de Pecuária e Flávio Barbosa Medico Veterinário ao impedirem a entrada dos citados vereadores apenas cumpriram o que determina a legislação e normas de funcionamento de matadouros. E em momento algum faltaram com respeito com as autoridades ou com a lei orgânica municipal. 

Devido a matérias divulgadas na mídia onde os vereadores e seu fotógrafo apenas mostrou uma parte do matadouro que é destinada aos fogões de lenha , mesa de pelar os suínos e que também serve para retirada dos cascos e limpeza dos mocotós (mãos de vaca),e que funciona exclusivamente com fateiros ,pessoas autônomas que prestam este serviço aos marchantes e não tendo vínculo com a prefeitura. Na matéria não consta nenhuma foto da sala de esfola onde é manuseada a carne e funciona exclusivamente com funcionários da prefeitura devidamente fardados .E que tem livre acesso visual para retirada de fotos.Este ato não deixa claro as verdadeiras intenções dos vereadores pois se era de fiscalizar porquê não notificou a prefeitura e jogou para a mídia inverdades, onde se diz que a população esta correndo risco ao consumir carne provindas do nosso matadouro, causando até mesmo prejuízos para os comerciantes e terror nas pessoas.




  Matadouro Publico Municipal  de Taquaritinga do Norte:

Quadro de pessoal do Matadouro é formado por:

01 Diretor de Pecuária :José Américo (Administrador)
01 Medico Veterinário: Flávio Barbosa
01 motorista
10 Magarefes
03 vigilantes

                                   Abrigo de proteção para a janela de observação.

                    Pecuaristas observando a pesagem pela janela de visualização.

                                              Vista interna pela janela de visualização 







O matadouro de Taquaritinga do Norte funciona para abate de animais quatro dias da semana ficando apenas a terça feira para manutenção dos equipamentos.
A estrutura do matadouro é formada por currais, câmara de abate,sala de esfola,plataforma de evisceração,sala de limpeza das vísceras,plataforma onde é realizada a pesagem e o embarque da carne.  

Na área externa fica a mesa de pelagem de suíno e área destinada aos marchantes onde esta localizada a janela de visualização do matadouro e da balança.


 Melhorias realizadas no Matadouro Publico:

Reforma dos currais onde foram trocadas as porteiras de madeiras por portões de ferro e aumentado a altura das paredes.

Reforma na câmara de abate onde foi trocado a tampa por uma de material resistente

Aquisição de maquina de abrir carcaça de bois.

Aquisição de talha elétrica de 03 ton (três toneladas)

Reforma colocando-se cerâmica na sala de esfola, mesa de evisceração, plataforma de corte de carcaça, plataforma de embarque e pesagem.

Colocação de grade inox nas canaletas

Fardamento e EPI para funcionários.

Troca do caminhão Chevrolet antigo por um Caminhão Mercedes para o baú de transporte de carne

Cerca com 11 fios de arame ao redor do matadouro com o intuito de evitar a presença de animais e isolar o matadouro.

Plantio de árvores ao redor do matadouro criando um isolamento fito sanitário.

Construção de fossa séptica.

                                      Aquisição de Máquina de Abrir Carcaça





                                   Aquisição de talha elétrica com capacidade para três toneladas

          Balança e janela por onde marchantes e pecuaristas conferem o peso da carne


                                        Colocação de grade de inox nas canaleta



           Árvores plantadas ao redor do matadouro criando um isolamento fito sanitário 

Manejo utilizado no matadouro:

Recebimento dos animais :Só entra animais nas dependências do matadouro depois de apresentado o Guia de Trânsito enviado pela ADAGRO.(Agência de Defesa e Fiscalização Agro pecuária de Pernambuco).

Os animais passam pelo médico veterinário ou pelo administrador do matadouro que é técnico para vistoria e diagnóstico de sanidade.

Os animais passam pelo jejum hídrico para poder ser abatido

O manuseio da carne é realizado pelos funcionários devidamente fardados e capacitados para execução do serviço.

A carcaça é pesada na presença do marchante ou do pecuarista depois colocada no baú para transporte.

As vísceras são passadas da sala de esfola para os Fateiros que realizam a limpeza das mesmas e levam para a plataforma de embarque.

A carne é transportada para açougue público e particulares pelos funcionários da prefeitura.

Considerações Finais.

O matadouro Publico de Taquaritinga Norte tem algumas falhas, mas na nossa região é um dos mais organizados e talvez o único que realiza o abate apenas com funcionários, Temos um veterinário experiente que já trabalhou em cidades como Surubim e o mesmo garante que o nosso é uma referência em organização. Precisamos melhorar e vamos agir no que se refere a parte das vísceras exigindo dos autônomos que trabalham neste serviço roupas e botas adequadas para realizá-lo. 

O Secretario Júlio César que trabalha na agricultura de Taquaritinga do Norte há muito tempo, lembra que antes a coisa não funcionava desta maneira. No inicio de 2001 quando iniciou-se uma nova  administração o que encontramos no matadouro foi um depósito de carniça onde pessoas juntavam ossos, para comercializar, como; ponta, unha ,queixadas e outros, em situação tão precária que era comum ver as larvas de moscas espalhadas pelo chão. Não existiam funcionários, não tinha máquinas e equipamentos, tudo era realizado manualmente. O abate dos animais começava as 22 horas da quinta e a carne era comercializada no sábado em estado de putrefação, o transporte da carne era realizado em cima de uma Toyota de carroceria, qualquer pessoa entrava nas instalações do matadouro. Quem trabalhava lá tinham o costume de consumir bebida alcoólica antes e durante os serviços, talvez, para suportar aquela situação.

Hoje vivemos tempos diferente onde trabalhamos com responsabilidade e o Prefeito do município dá autonomia aos seus secretários que por sua vez delega aos seus subordinados, nesta situação o administrador José Américo que realizou seu trabalho dignamente sem ter que pedir autorização a ninguém, fez a coisa certa.  Pois mesmo sendo autoridades os vereadores tem que respeitar o funcionamento dos órgãos públicos, e deviam utilizar um pouco de humildade para pelo menos buscar as informações necessárias a respeito do que pode e não pode ser feito em cada órgão, caso contrário daqui uns dias veremos vereadores entrar numa sala de cirurgia para ver o trabalho dos médicos e julgar o que é certo e o que é errado mesmo sem conhecimento a respeito.

Buscando melhorar o funcionamento do matadouro contratamos e capacitamos as pessoas para manusear a carne, melhoramos a infra estrutura física e adquirimos vários equipamentos que facilitaram o trabalho o que diminuiu e muito o tempo do abate até a comercialização, buscamos atender nossos clientes com respeito e principalmente temos cuidado com a saúde e a qualidade de vida do nosso povo.